Palestrantes e debatedoras

Palestra: Lutas pela cidadania das mulheres
Luciana Rosar Fornazari Klanovicz: Doutora em História (Universidade Federal de Santa Catarina, 2008), com Pós-Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas (DICH-UFSC, 2011), Bacharel e Licenciada em História (1999). É professora adjunta A do Departamento de História da UNICENTRO, Guarapuava/PR, professora do Programa de Pós-graduação (Mestrado) em História da UNICENTRO, e coordenadora do Laboratório de História Ambiental e Gênero (LHAG) da UNICENTRO. Tem experiência em pesquisa nas áreas de História e Relações de Gênero, Gênero e Ciência, Cinema e Corpo, Imprensa, Erotismo e História.

Painel temático: Desigualdades de gênero e políticas públicas

Maria Iolanda de Oliveira: Possui graduação em Bacharelado em Serviço Social pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (1993) e mestrado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004). Atualmente é professora assistente da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Tem experiência na área de Serviço Social, com ênfase em Serviço Social, atuando principalmente nos seguintes temas: assistência social, idoso, serviço social, gestão da política de assistência social. Integra a equipe do Núcleo de Estudos de Violência contra a Mulher de Ponta Grossa (Nevicom).

Suelita Rocker: formada em pedagogia e pós-graduada em Educação Ambiental com experiência em trabalhos junto aos Catadores de Materiais Recicláveis. Atuou no projeto Coleta Solidária (ITAIPU BINACIONAL), na organização e gestão de cooperativas e associações de catadores de materiais recicláveis e na formação dos catadores com temas específicos utilizando pedagogia da alternância e  andragogia no desenvolvimento dos trabalhos.

Trabalhou na execução do Projeto Jovem Solidário e coordenou o projeto Espaço da Cultura Jovem e Solidária do  Criança Esperança  - UNESCO.  Foi coordenadora pedagógica do projeto CATAFORTE (Formação, Fortalecimento, Mobilização e Acompanhamento Técnico de Arranjos Coletivos de Reciclagem) no Estado do Paraná. Atualmente, é pedagoga do Inxtituto Lixo e Cidadania, em Curitiba.

Marilza Aparecida de Lima: catadora, representante estadual do Movimento de Catadores de Materiais Recicláveis do Estado do Paraná. Defende as causa da mulher catadora, com o objetivo de promover a autonomia econômica, política e financeira das mulheres, considerando as dimensões étnico-raciais, promovendo a igualdade de gênero. Através do MNCR e ILIX promove o Encontro Nacional das Mulheres Catadores de Materiais Recicláveis, que acontece no estado do Paraná para debater os temas pertinentes à mulher.

Débora Lee: Presidente do Grupo Renascer e ativista de direitos humanos dos GLTPS (gays, lésbicas, travestis, profissionais do sexo e simpatizantes).

 Palestra: Relações de gênero e questões étnico-raciais

Luzinete Simões Minella: Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (1972), mestre em Ciências Sociais pela mesma Universidade (1977) e doutora em Sociologia pela Universidad Nacional Autónoma de México (1989). Realizou estágio de pós-doutorado no Núcleo de Estudos de População da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp,1998). Atualmente é professora adjunta aposentada da Universidade Federal de Santa Catarina, onde atua no Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas e na linha de pesquisa Gerações, Gênero, Etnia e Educação do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política. Pesquisadora do Instituto de Estudos de Gênero da mesma universidade. Do conjunto da produção bibliográfica mais recente destaca-se a co-autoria do livro Gênero e Violência: pesquisas acadêmicas brasileiras (1975-2005) (2006); a co-organização das coletâneas Depoimentos: trinta anos de pesquisas feministas brasileiras sobre violência (2006) e Saberes e Fazeres de Gênero: entre o local e o global (2006), bem como a co-organização do livro Práticas Pedagógicas e Emancipação: Gênero e Diversidade na Escola (2009). Coordenadora da área de Estudos de Gênero do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas da UFSC a partir de 2011. Tem realizado pesquisas principalmente nas seguintes áreas: gênero e saúde reprodutiva, gênero e infância, gênero e ciências e saúde mental. Suas pesquisas na área de saúde reprodutiva e saúde mental receberam o apoio do CNPq e da CAPES.

Programação

 

Apoio