Evento de relevância nacional reuniu movimentos de todas as regiões do país

O 2º Encontro Nacional pelo Direito à Comunicação aconteceu em Belo Horizonte entre os dias 10 e 12 de abril e teve como objetivo debater questões relacionadas à democratização dos meios de comunicação, além de alternativas para o jornalismo independente e a representação das minoras e movimentos sociais na mídia.


Os estudantes do terceiro ano do curso de Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa, Bruna Pedroso e Leonardo Carriel, participaram do evento como representantes do Centro Acadêmico João do Rio. Para Bruna, o debate é importante pela abordagem das questões de representação social, pois consiste na tentativa de conceder direitos midiáticos às minorias.

“Há muitos coletivos tentando se fazer ouvir atualmente, o evento veio como um espaço de encontro para debater as diferentes formas de jornalismo alternativo e independente”.

Além dos painéis e debates, o evento foi marcado por atividades autogestionadas e rodas de conversa sobre diversos temas relativos à questão da democratização. Segundo Carriel, esse tipo de atividade permite aos participantes entender as rotinas de produção dos coletivos de diferentes partes do país e conhecer pessoas engajadas na luta pelo direito à comunicação.

“É necessário compreender a pluralidade de vozes das minorias, para que possamos criar um espaço democrático no jornalismo e na comunicação”.

Leia também
Movimentos sociais se reúnem em Belo Horizonte para debater a democratização da mídia

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar