A transmissão ao vivo aconteceu no Laboratório de Telejornalismo, no bloco B do Campus Central. Foto: Douglas Kahl

 

O curso de Jornalismo da UEPG fez, na última semana, transmissão ao vivo utilizando as plataformas YouTube e Facebook. A transmissão foi do debate sobre violência contra a mulher organizado dentro da atividade Sabatina que integra o Foca Mais. O evento aconteceu no Laboratório de Telejornalismo do DeJor e foi organizado pela professora Paula Paes.


A professora, que é também a coordenadora do Foca Mais, conta que a ideia surgiu por sugestão de outra professora do DeJor, Angela Aguiar. Para Pauta, integrar o evento às redes sociais despertou grande interesse dos alunos.

A transmissão permitiu ainda integrar alunos que participam da disciplina Assessoria de Imprensa e do Foca Mais. Paula conta que o intuito foi não apenas a integração dos alunos, mas também abrir o debate para além da universidade, não focando apenas o que a ementa do curso prevê.

“O Foca Mais quer dialogar com o público online, já que é importante como experiência acadêmica e também pela possibilidade de chegar às pessoas sem ter uma barreira física”, destaca. A página do projeto, no Facebook, foi recentemente criada e já possui cerca de 165 curtidas.

A Sabatina, que reuniu integrantes do Foca, contou ainda com a presença de outros estudantes e membros da comunidade em geral. Lauro Alexandre, aluno do terceiro ano do curso de jornalismo que atuou na parte técnica do link, conta que achou importante a experiência de trabalhar, pela primeira vez, com a transmissão ao vivo.

“Dessa vez, o Foca Mais abriu o espaço da Sabatina também para o público externo e, com o recurso da transmissão ao vivo, pudemos aumentar a divulgação”, afirma. O vídeo na íntegra ainda pode ser visualizado na página do Foca Mais, no Facebook.

O Foca Mais circula a partir de plataforma online. O veículo, que foi criado este ano, é um suplemento do jornal laboratório Foca Livre. Este circula em formato impresso desde 1993.

Alunos da disciplina Assessoria de Imprensa transmitem, ao vivo, atividades do 6º Alcar Sul

Na mesma semana, o DeJor fez transmissão, ao vivo, via Facebook, da abertura do 6º Encontro Regional Sul da História da Mídia (Alcar Sul). O primeiro dia do evento contou com palestra do professor da Universidade de la República (Uruguai), Maurício Olivera. O tema foi “Migraciones y TIC: nuevos aspectos comunicacionales”. Confira o link do evento.

Na última sexta-feira, o último painel do evento, “Mídia e processos migratórios: experiências e representações", foi transmitido, ao vivo, através do YouTube. O evento teve a participação de Sofia Cavalcanti Zanforlin (UCB), Ana Regina Rêgo (UFPI), Denise Cogo (ESPM) e Mauri Konig (UNINTER). Confira o link do evento.

Em março deste ano, o DeJor já havia realizado a transmissão, ao vivo, do paine “Desconstruir o Golpe. Defender a Democracia”. O evento foi organizado pelo Grupo de Estudos Jornalismo e Representações Políticas do Mestrado em Jornalismo/UEPG, em parceira com o SindUEPG e com o Departamento de Educação da UEPG.

Os painelistas foram a Ana Estevão (Unifesp), Jacson Zílio (MP/PR e UFPR), Rogério Dultra (UFF) e Névio Campos (UEPG). Confira o link do evento.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar