Foi possível notar neste último sábado, 17, a agitação vinda diretamente do fundo da Estação Saudade. A música, que a cada momento mudava de estilo e intérprete, e a estrutura repleta de produtos culturais chamavam atenção. Os curiosos que por ali passavam, paravam instigados para saber o que acontecia.  Ocorria ali, a III Feira Cultura Plural.

O evento reuniu diversos segmentos culturais em um só ambiente, e proporcionou uma grande troca cultural não só por suas atrações, já que o espaço é também utilizado para a Feira da Estação, aos sábados. Diversidade foi a prioridade.

No palco, os mais variados artistas, como Marcelo Ijaile e Nicolas Salazar, MC Marcellus (100$CREW), Banda Astrid, Elion, Taikô e Grupo Abadá-Capoira. Ainda no espaço cultural, exposição de ilustrações, exposição e oficina do projeto Lente Quente, mostra folclórica gaúcha e exibição de poesias.

“Acho a ideia da Feira muito interessante. Participei das edições passadas e vejo a importância não só do evento mas também do site. O Cultura Plural pauta as manifestações da cidade, e a feira é um reflexo físico disso”, relata Kleber Bordinhão, poeta local que teve seus trabalhos expostos no evento.

Karina Janz Woitowicz, coordenadora do projeto, ressalta ainda a importância da promoção de ações culturais. “Acredito que o espaço da feira mostra que há uma demanda para o consumo de cultura. É necessário oportunizar um espaço de encontro. A diversidade desperta interesse no público”, expõe.

Já para Lucélia Clarindo, coordenadora do Bando da Leitura, que também esteve presente no evento, pela terceira vez, o espaço acrescenta muito para a cultura local. “É uma forma de socializar os projetos artísticos. Sei das dificuldades em reunir materiais, mas adoraria que houvesse mais edições ao longo do ano”, afirma.

O público também se mostrou satisfeito com as produções ali executadas. “É a primeira vez que acompanho, estava passando pela Feira da Estação e a banda me chamou atenção. É interessante ver tanta variedade de cultura”, explica Leonardo Silva.

Confira fotografias e informações sobre as atividades do projeto no Perfil do Cultura Plural no Facebook.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar