Encontro para debater a aprendizagem do Jornalismo traz a Ponta Grossa professores e estudante de diversas instituições de ensino

Apresentações de trabalhos, discussões e interação entre professores e ouvintes foram algumas das atrações do V Encontro Paranaense de Ensino em Jornalismo. O evento, que ocorreu neste sábado, 27, a partir das 9h no Campus Central da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), faz parte do II Fórum Sul-Brasileiro de Professores de Jornalismo.

Em relação à Pesquisa de Graduação, que teve a coordenação do professor Demétrio de Azeredo Soster, um dos trabalhos apresentados foi o do professor do Centro Universitário da Grande Dourados (Unigran), Helton Costa, com o tema Contato com rotinas jornalísticas como estratégia ao estímulo da pesquisa científica. Costa destacou, durante a exposição, a ideia em teorizar as rotinas de trabalho, trabalhar os autores locais e traçar um perfil dos jornais online. “O objetivo é aproximar os alunos o quanto possível com o mercado de trabalho”, explicou. 

Na Atividade de Extensão, com coordenação do professor Elson Faxina, Descobrindo Curitiba: Jornalismo e aprendizagens de edição jornalística, trabalho de autoria de Mônica Rodrigues de Amorin e William Bressan (Universidade Positivo), deu ênfase na importância de se realizar “experimentações” na tevê. Mônica salientou que o objetivo é tentar fugir um pouco do jornalismo mais formal e “brincar com a imaginação”, conforme falou. O trabalho, segundo a apresentadora, une entretenimento, informação e cultura. 

Em outra sala, a discussão se realizou em torno do Ensino da Ética e de Teorias do Jornalismo, com a coordenação do professor Márcio Ronaldo S. Fernandes. Luciane Justus, mestranda em Jornalismo pela UEPG, junto com o professor Marcelo Engel Bronosky, apresentaram Crítica de Mídia: o ensino do Jornalismo na “práxis”. A pesquisa se realizou com base na análise do blog Crítica de Ponta, produzido pelos estudantes DA uepg. Em relação à proposta, Luciane destacou: “entender uma resposta social a partir dos produtos jornalísticos”.

Já nos Projetos Pedagógicos e Metodologia de Ensino, a mediação das conversas ficou por conta do professor Jorge Pereira. A vivência de um jornal diário como instrumento pedagógico foi o trabalho apresentado pela professora da UEPG, Paula Melani Rocha, que destacou a importância realizada pelos estudantes ao participarem da produção do jornal O Dia na disciplina de Redação III.

A discussão em torno da Produção laboratorial – Eletrônicos ressaltou as diversas produções midiáticas, desde o rádio até a web. Dentre os trabalhos, A experiência do rádio ao vivo, do professor da Universidade Positivo, Luiz Witiuk, enfatizou o trabalho da prática durante a graduação. “Em função do desafio, a adrenalina sobe, a agitação é total”, comentou o professor sobre a rotina de produção para rádio durante o horário de aula.

O Encontro continua neste sábado a até as 17h. A apresentações acontecem na salas 108, 105, 101, 201 e 203, todas no Bloco D da UEPG. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar